7 Dicas eficazes para evitar os excessos de natal by Drink6

É inevitável, chega o natal e começam os excessos. O equilíbrio que havíamos tentado manter ao longo dos meses posteriores ao verão, à base de força de vontade e sacrifícios, de repente desaparece diante do peso das tentações natalícias.

Todos pensamos que lá chegará o mês de Janeiro para voltar ao equilíbrio, à comida e à vida saudável. Mais não será nada fácil, e nós sabemos.

Os especialistas em nutrição da Drink6 by Nutrimedic também sabem. É por isso que prepararam uns práticos conselhos para ajudá-lo a cuidar melhor de si neste natal, a sobrelevar os inevitáveis excessos das festas e quando acabarem, que seja mais fácil desfazer da “curva” de Janeiro.

  1.     Não se exceda todos os dias

Selecione os dias em que pensa que vai  exceder-se (Ceia, Natal e fim do ano) e os restantes faça um esforço consciente por cuidar de si. Não caia na típica frase: “Vou cuidar-me em Janeiro”. Não é o mesmo  exceder-se 5 dias ou 30, e o corpo nota. Para estes dias que cuida mais de si, uma boa ajuda é fazer um plano detox com sumos de frutas e verduras 100% naturais, como os da Drink6. Carregará o corpo com poucas calorias e eliminará as toxinas provocadas pelos excessos.

  1.     Ajude o seu organismo a não absorver gordura

Antes destas comidas que levam a excessos, tomar carvão vegetal ativado da Drink6 ajuda a reduzir a absorção de gorduras, açúcares, gases e toxinas. Este produto 100% natural, procedente das cascas de coco, é o maior absorvente natural que existe e  utiliza-se para eliminar todas as substâncias que não sejam saudáveis para o organismo.

  1.     Ter cuidado especialmente com o jantar

Os hidratos de carbono são especialmente desaconselháveis na hora do jantar, porque  toda esta energia que aportam ao organismo se transforma em gordura se não é gasta. Uma boa alternativa é praticar o souping: com os cremes e sopas de verduras da Drink6 jantará de forma saudável e ligeira, com todo o aporte de nutrientes que precisa o seu organismo.

  1.     Não chegue às refeições com uma fome voraz

Tente comer uma peça de fruta ou um iogurte um pouco antes da refeição, desta forma suavizará a sensação de fome e isto  ajudará a não se atirar na comida e a reduzir as porções quase sem dar conta.

  1.     Mexa o corpo!

Não se esqueça que o exercício também queima calorias. Suba escadas, passeie, utilize menos o carro, saia do comboio uma estação antes… E no dia da grande ceia, procure fazer um exercício mais intenso.

  1.     Mantenha-se hidratado

Frequentemente pensamos ter fome quando em realidade o nosso corpo está com sede. Quando pensar que precisa petiscar alguma coisa (nunca saudável), beba primeiro um copo de água. Ficará saciado e vai ajudá-lo a superar o ‘momento snack’.

  1.     Não diga ‘sim’ a tudo

Já que é impossível evitar todas as tentações, ao menos tente selecionar. Não é preciso provar todas as variedades de doces natalícios, nem tampouco encher o prato. Lembre-se que os açúcares refinados e os hidratos de carbono são 100% adictivos.

E para evitar as indigestões:

  • Planifique bem as comidas
  • Mastigue bem e coma devagar
  • Comece sempre o jantar e as refeições com sopas ou caldos saciantes ou saladas de verduras ou legumes
  • Não beba grandes quantidades de líquidos durante as refeições, e menos se tiverem álcool
  • Evite os molhos elaborados, comidas copiosas e gordas, assim como o excesso de sal
  • Evite também o excesso de café, chá e doces ao terminar a comida; é preferível alguma sobremesa saudável, como sorvete ou fruta. E depois de um dia de excessos, que posso tomar para que o meu organismo se sinta melhor? Os especialistas da Drink6 by Nutrimedic recomendam uma dieta mais depurativa, com caldos de verduras, frutas e sumos naturais e abundante agua ao longo de todo o “dia depois”. Isso nos ajudará a compensar os excessos e também é uma eficaz desintoxicação para o organismo. Como normalmente os excessos alimentares vão acompanhados por excessos de álcool, é muito recomendável começar o “dia depois” com um bom sumo de frutas antioxidantes ( Ex: sumo de tomate). E no pequeno almoço e lanche, frutas ou sumos depurativos (laranja, mamão, ananás). A comida deve ser leve: alguma verdura ou caldo, um puré ligeiro ou uma salada verde com vinagre de maçã e alguma proteína ligeira (ovo ou frango, por exemplo). E para o jantar, o melhor é um caldo, alguma verdura ou fruta como única opção.

Fonte: Drink6

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *